Michael Peuser Participa de Audiência Pública no Senado Federal

by edcordeiro on 29 de agosto de 2010

Falta de pesquisas no Brasil dificulta utilização da babosa como alimento e remédio
[Foto: ]

O Brasil está atrasado em relação à utilização do Aloe Vera como suco vitalizante, afirmou em audiência pública nesta terça-feira (8) o pesquisador do Conselho Internacional de Ciência do Aloe (Iasc), Michael Peuser. No Brasil, o Aloe Vera é conhecida popularmente como babosa, apesar de utilizada mundialmente e em larga escala para vários fins, inclusive e principalmente na área de isotônico.

No Brasil, o uso de Aloe Vera é autorizado apenas para a produção de alguns cosméticos – principalmente para cabelos – e medicamentos fitoterápicos. Como alimento, segundo informações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a babosa apenas é permitida como aditivo aromatizante; ou seja, como parte da composição de alguns aromas.

Michael Peuser foi convidado a participar de audiência pública na Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) para discutir os critérios adotados pelos órgãos competentes para o registro do uso da Aloe Vera e conhecer as reais propriedades do produto para a sua classificação.

Em sua exposição, o pesquisador explicou que existem 300 empresas no mundo fabricando produtos derivados do Aloe Vera, entre eles o suco vitalizante do produto, que não tem, segundo explicou, qualquer contra-indicação e é comercializado livremente em supermercados de vários países.

- Aqui [Brasil], diz-se que é bom para o cabelo. Mas essas empresas tiveram faturamento de U$ 112 bilhões somente em 2004 com produtos que contêm o Aloe Vera e nenhuma dessas 300 empresas é do Brasil – afirmou o pesquisado do Iasc, ao explicar ainda que a babosa não é um cactos, como muitos acreditam, mas sim um legume, da mesma família da cebola e do alho.

Michael observou ainda que há mais de quatro mil pesquisas científicas publicadas sobre os benefícios do Aloe Vera, que pode ser utilizado também, segundo explicou,como cosmético, no tratamento da pele, na prevenção dos efeitos colaterais causados pelo tratamento contra câncer (queda de cabelo, enjôo e queimaduras), e como antibiótico, entre outros.

- Infelizmente, é uma chance que o Brasil perde, pois, devido às condições climáticas do país, poderia ser o maior exportador mundial do produto – garantiu Michael.

Proibição

No Brasil, segundo explicaram os representantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e da Anvisa, o Aloe Vera é proibido como alimento por falta de pesquisas que comprovem a segurança alimentar e para a saúde do consumidor.

Segundo o chefe de Divisão do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal da Secretaria de Defesa Agropecuária do Mapa, Bernardo Albuquerque Medina, não há, no Brasil, pesquisas que comprovem os efeitos causados pela utilização do Aloe Vera, principalmente como bebida. Órgão responsável pelo registro de produtos de origem vegetal, o Mapa tem negado autorização para utilização da babosa no país, antes que o produto seja avaliado pela Anvisa.

- É preciso que a empresa interessada em produzir ou importar os produtos derivados do Aloe Vera apresentem provas de segurança à Anvisa. Não podemos permitir o registro sem que isso seja feito – garantiu o representante do Mapa.

Já a especialista em Regulação e Vigilância Sanitária da Gerência-geral de Cosméticos da Anvisa, Fabiane Quirino de Paula Silveira, afirmou que a agência só faz a avaliação de um determinado produto quando solicitado por empresa interessada em comercializá-lo. O fato de haver pesquisas internacionais que comprovem a eficiência e os benefícios do Aloe Vera como alimento, a princípio, segundo explicou, não é suficiente para que o Brasil autorize o seu uso internamente.

- A avaliação só vai ser feita à medida que for solicitada e que venha acompanhada das informações científicas que sustentem o uso do produto. O que nós não queremos é que alguém possa ter comprometimento da saúde por desconhecimento – explicou a representante da Anvisa.

Atrasados

Autor do requerimento para a realização da audiência, o senador Gilberto Goellner (DEM-MT), após assistir as exposições, reconheceu que o Brasil está muito atrasado em relação à utilização do Aloe Vera. Ele estranhou o fato de o Brasil não poder se orientar somente pelas pesquisas internacionais para autorizar o registro do suco de babosa no país.

- Realmente estamos muito atrasados aqui no Brasil. Permitimos todo tipo de bebida artificial que faz mal à saúde. Tudo é permitido. Mas um produto que é utilizado em todo o mundo, avaliado e sem efeitos colaterais tem que passar por tipo de burocracia. Isso é um espanto – criticou o senador pelo Mato Grosso.

O presidente da CRA, senador Valter Pereira (PMDB-MS), disse que falta divulgação sobre todos os benefícios da babosa. Ele reconheceu as deficiências de pesquisa no Brasil sobre esse vegetal e sugeriu que as empresas interessadas em comercializar tomem a iniciativa de apresentar as pesquisas que comprovem a segurança do produto.

- As empresas não devem esperar só pela iniciativa dos órgãos públicos. É preciso que façam o que for preciso – sugeriu Valter Pereira, que ainda citou o caso de uma empresa brasileira que comercializa irregularmente no país um cosmético a base do Aloe Vera, por falta de registro da marca.

Fonte: Valéria Castanho / Agência Senado

(Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Like this post? Post Comment, Download and Subscribe RSS

Deixe o seu comentário abaixo

{ 19 comments… read them below or add one }

margareth guimaraes fevereiro 11, 2011 às 17:59

Boa tarde pessoal,
Eu uso babosa deste 2008, passo no rosto e cabelos todos os dias, por ouvir falar que ela é poderosa anti-rugas. Gostaria de saber se posso usar polpa de babosa como suco? Tenho babosa no meu quintal na qual faço ritual diariamente.
Obrigada, Margareth

Responder

luiz fernando novembro 15, 2011 às 12:49

Olá tudo bem, uso só a babosa industrializada para consumo interno, porque não tem nenhuma contra-indicação, a empresa que comercializa ela remove as substâncias tóxica que existe nela. Se você quiser adquirir os sucos e outros produtos entre em contato.

Responder

Wellington G. dos Santos novembro 16, 2011 às 8:25

Bom dia.

Todos nos que trabalhamos com produtos a base de Aloe Vera, sabemos as propriedades de benéficas deste produto.

O fator importante é saber que as Babosas plantadas nos quintais das casas geralmente não são viáveis para o consumo devido ao fato de do ambiente não ser propicio (Bactérias/Fungos, etc.)

Desta forma, instruímos a todos que evitem ingerir esse produto sem a devida industrialização.

Caso tenha interesse em obter produtos a base de Aloe Vera, estamos disponíveis para lhes apresentar pois temos grandes variedades desta tão poderosa e eficaz planta.

Cordiais Saudações,
Wellington G. Santos

Responder

EDILEUZA fevereiro 25, 2012 às 1:24

MINHA FILHA DE 12 ANOS TEM ALERGIA A PICADAS DE TODO TIPO DE INSETO.,PASSO TODO TIPO DE POMADAS INDICADAS PELOS DERMATOLOGISTAS,E DE NADA ADIANTA.ACREDITO COM CERTEZA Q A ALOE(BABOSA)VAI AJUDA LA.,POR FAVOR ME AJUDE.PRECISO COMPRAR ESTE PRODUTO

Responder

Josue Oliveira março 26, 2011 às 8:00

Inicialmente, gostaríamos de fazer algumas colocações: a Babosa não é um medicamento e não deve ser usada como tal. Ela é um poderoso suplemento nutricional que auxilia e fortalece o sistema imunológico, além de atuar na desintoxicação do organismo.

A maioria de nós já ouviu falar dos benefícios imediatos da Aloe quando aplicado em queimaduras ou cortes, mas poucos sabem que esta planta pode ser ingerida para resolver problemas internos.

Esta planta é rica em vitaminas, sais minerais, aminoácidos, enzimas, mono e polissacarídeos, além de outras substâncias nutritivas.
Nem todas as babosas são indicadas para consumo interno.das 300 especies existentes apenas 03 são usadas para consumo.
Um grande abraço!
Aguardo a tua visita!

Responder

drica julho 30, 2011 às 15:49

estou com hernia de disco cronica e nao posso mais andar,nada nada,tenho dores fortíssimas a tres meses.gostaria de saber se o produto derivado da babosa é eficaz no meu caso?

Responder

Alex Sander setembro 18, 2011 às 23:11

Olá Margareth!
Em resposta a sua dúvida com relação a tomar babosa eu te digo:
Há mais de 300 espécies de Aloe Vera, porém, apenas DUAS podem ser ingeridas.
Então eu aconselho você a não tomar a babosa do seu quintal sem antes saber a sua espécie!
Há uma empresa multinacional americana que comercializa legalmente produtos à base de Aloe Vera, cujos produtos possuem o selo do IASC (conselho internacional da ciência da Aloe).
A babosa realmente possui muitos benefícios quando ingerida.Espero ter ajudado.

Responder

Adailton Theodoro Pinto setembro 25, 2011 às 15:27

A aloe vera conhecidas popularmente por babosa, é uma planta milenar já largamente usada na Grecia Antiga, India e outros Paise s há mais de 5000 anos. Nos cinco continentes ao redor do Mundo os sucos de aloe vera já sao usados e consumidos em mais de 147 Paíes, inclusive Nações onde a legislação que rege a segurança alimentar é altamente rígida. Contem 3 certificações internacionais aprovando o uso da bebida que é revitalizante e desintoxicante do organismo humano, inclu sive indicada seu uso na Veterinaria. Para quem não sabe tem-se uma Empresa Americana Líder no cultivo, e produção de mais de 150 produtos a base de aloe, inclusive os sucos isso há 33 anos e só no Brasil já está há 16 anos. Estudos cientificos em Universidades tais como a Universidade de Oklahoma, Instituto Weismen de Israel e outras Instituições europeias tem aprofundados estudos cientificos comprovando os benefícios da aloe para o corpo humano, podendo ser usada como bebida na prevenção de mais de 100 tipos de enfermidades e como tratamento complementar na medicina tradicional sem induzir nenhum efeito colateral. Inclusive altamente indicada como fitoterapico auxiliar no tratamento do cancer, vitligo, gastrite, etc. Quem estiver lendo essas considerações e tiver interesse em obter mais informações eu me coloco a disposição, pois sou consumidor dos sucos que já vem prontos, organicos, sem conservantes e aprovo pois tinha dores fortissimas em razao da artrose que eu tenho no corpo todo e hoje só tomando os sucos as dores foram controladas e a doença com a evolução retardada.

Responder

volmir pischke novembro 15, 2011 às 22:30

esse sistema que quer nos manter preso nesse circulo vicioso a onde farmacias medicos e hopitais enriquecem nas costas das pessoas depois q eu e minha familia comesamos o tratamento com extrato aloe vera nao gastamos mais em farmacia isso e puro interece viva (BABOSA)

Responder

Samanta novembro 17, 2011 às 13:53

Eu uso Aloe Vera desde 2005. Me sinto muito bem usando os produtos, e tenho na minha familia relatos de pessoas que tiveram uma melhora na qualidade de vida, mesmo tendo doenças complicadas. Acredito que a Aloe Vera existe para que possamos ter vidas mais saudáveis. Se tiver que proibir algo, poiba oque nos destrói, e não o que nos ajuda a viver bem!

Responder

Carlos Maciel novembro 21, 2011 às 20:15

Realmente ainda falta muita para o Brasil, principalmente no que tange aos padrões e aos selos com reconhecimento internacional, cujas exigências ultrapassam as expectativas e os padrões Brasileiros de qualidade. Esperemos para ver e trabalhemos para que Empresas e pessoas irresponsáveis sejam devidamente punidas. Esperemos o bom senso e a visão imparcial da ANVISA.
Sobre a Babosa: concordo com o Josue Oliveira. Ela JAMAIS deve ser vista como um medicamento e JAMAIS pode ou deve ser usada desta forma. A Babosa é SIM um suplemento nutricional e precisa ser vista como um auxílio poderoso ao nosso sistema imunológico, sendo, ainda, esta leguminosa, um meio eficaz de desintoxicação do todo o nosso organismo.

Abraços!

Responder

Jo Oliveira novembro 24, 2011 às 0:47

Nosso país, está cheio de pessoas morrendo por inúmeras doenças causadas por alimentos industrializados, frangos com 21dias prontos para serem abatidos e aindam dizem que não existe pesquisas no nosso país, é possível?

Responder

gerson de campos janeiro 9, 2012 às 9:11

Uso aloe vera estabilizada desde outubro de 2008;tive resultados excelentes ,um salto de qualidade em minha saude,Ai eu vislunbrei a oportunidade de ajudar prssoas a tambem usufruirem dos beneficios de uma alimentação natural no que tive grande sucesso pois ao me profissionalizar eu passei a enxergar coisas que antes não via ,
Os motivos para proibição do uso de aloe vera são absurdos,injustifiaveis mesmo frente a realidade global
uma coisa é voce disciplinar o uso de um produto ,outra coisa e´voce prejudicar milhares de pessoas com uma canetada sem chance e tempo para defesa

Responder

miranda janeiro 16, 2012 às 15:30

Através de um pequeno comentário do Dr.Michael publicado em uma revista, a 3 anos atrás, passei a fazer uso da babosa para curar o mal da gota, o resultado foi simplismente fantástico, em 3 semanas não tinha mais dor, e em 3 meses curei totalmente dos caroços deixados pela doença. O método que usei foi raspar o gel com uma colher no liquidificador, bater e colocar numa forminha de gelo, tomo até hoje uma pedra por dia com suco de limão, laranja ou refrigerante, meu organismo funciona perfeitamente. Fui alertado do fato de que pode afetar o rim se não fizer um repouso do produto por um tempo e já senti dores nesse sentido, porém recomendo que para ¨gota¨ não existe remmédio melhor. Obrigado doutor…

Responder

luiz carlos março 4, 2012 às 11:45

sabe porque os países mais evoluídos estão sempre a frente e porque eles não perdem tempo com pesquisas atrasadas, e sim eles continuam suas pesquisas apartir de onde os outros pararam e assim estão mais evoluídos e com isso ficão parados em entraves políticos e burocráticos que cada vez nos atrasam mais e ate quando vamos ficar assim acorda brasil vamos ser um BRASIL COM EXPRESSÃO e evoluído à frente de todos

Responder

Maria Aparecida agosto 6, 2012 às 22:16

preciso de uma forma de me comunicar com Michael Peuser, por favor me ajudem.

Responder

Patrícia Rodrigues agosto 31, 2012 às 15:28

Boa tarde Aparecida!
Sou uma Gerente Soaring e trabalho a quase 8 anos com os produtos, são maravilhosos, temos resultados incríveis.
Mande um email para mim que passo os contatos dele.
Abçs.

Patrícia

Responder

Carlos Gomes julho 8, 2013 às 6:59

Bom-dia! Sendo consumidor de todos os produtos à base de Aloé Vera, recomendo sem dúvida alguma, pois são integralmente benéficos e ajudam em todo o tipo de problemas que nos afligem, desde os cabelos aos pés. Reetruturam todo o metabolismo humano, bem como o sistema imunitário. E já agora os produtos que consumo ( faço a venda também) , além de todas as prpriedades e benéces, possuem os selos do I A S C , da DERMATE
ST e do INSTITUT FRESENIUS, o que nos vem garantir a sua aplicação fiável e fidelizada.

Responder

Carlos Gomes julho 8, 2013 às 7:06

Além da informação atrás colocada, tranmito que a empresa, na qual me encontro como parceiro em Portugal, tem o nome de L & R HEALTH and BEAUTY a qual é muito digna do BOM NOME e de todas as PESSOAS que a representam a nivel mundial. UM GRANDE BEM-HAJA A TODOS E UM GRANDE ABRAÇO DE AMIZADE. FELICIDADES !

Responder

Deixe Seu Cometário

Previous post:

Next post: